Translate

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Dmae instala mais de 20 contêineres na zona rural de Uberlândia

Dmae instala mais de 20 contêineres na zona rural de Uberlândia
Caçambas foram instaladas para impedir a destinação inadequada de lixo em locais onde é registrado descarte irregular

                                                                                                                       Comunicação - Dmae

Em continuidade ao trabalho de coleta de resíduos sólidos na zona rural, o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) instalou 23 contêineres em pontos críticos no mês de maio. As caçambas foram colocadas em locais onde se registra destinação inadequada de grande quantidade de lixo. Estradas vicinais, próximas aos postos Parada Bonita e Laranjeiras, ambos na BR-365, receberam os contêineres nesta semana. Ao todo, o departamento já disponibilizou mais de 70 dispositivos de coleta na zona rural do município de Uberlândia. O objetivo é instalar 90 caçambas no total.

Desde o início do projeto, em março, contêineres estão sendo colocados nas principais vias de acesso à zona rural, como no Posto Carreteiro, Miranda, Tenda do Moreno e Pau Furado. As saídas para Prata, Campo Florido e para o distrito de Cruzeiro dos Peixotos também receberam o dispositivo.

Segundo Adicionaldo dos Reis Cardoso, diretor de Gestão de Resíduos Sólidos, em alguns locais, o acúmulo de lixo estava crítico. “Então foi necessário aumentar a quantidade de caçambas e a periodicidade da coleta”, explicou. Os caminhões da Limpebras recolhem os resíduos no local durante a semana, conforme a programação. A Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos é parceira do Dmae nesta iniciativa.

Parceria comunitária

Além da coleta, a autarquia investe também na conscientização da população. “Aliado a esse trabalho de limpeza, estamos desenvolvemos ações educativas com a população rural e de recreios, bem como como os usuários da via que costumam jogar o lixo nos locais inadequados”, contou Adicionaldo Cardoso.

Quatro estagiários realizam o trabalho de conscientização com os moradores da zona rural, informando sobre a presença das caçambas e descarte correto de resíduos. A equipe ainda coleta avaliaçõe sda comunidade para monitorar se a quantidade de contêineres e a periodicidade estão satisfatórias.

São recolhidas, em média, cerca de 25 toneladas de lixo por dia em toda zona rural e distritos onde a coleta é disponibilizada. “A população do entorno precisa fazer o descarte corretamente para evitar a sujeira que provoca mau cheiro e contamina o meio ambiente”, disse o diretor.

24/05/2017
Ellen Melo
(34) 3233-4605