Translate

sexta-feira, 19 de maio de 2017

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS
NONA REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL
www.pmmg.mg.gov.br/9rpm
9rpm-p5@pmmg.mg.gov.br




HOMICIDIO TENTADO
18/05/2017
13:47
RUA ALEMANHA – LARANJEIRAS
A GUARNIÇÃO POLICIAL MILITAR, APÓS SE ACIONADA VIA COPOM, FOI AO LOCAL ONDE FUNCIONA UM BAR, E SEGUNDO RELATOS DE TESTEMUNHAS A VÍTIMA ESTAVA NO BAR ACOMPANHADO DE UMA MULHER, QUANDO O AUTOR SE APROXIMOU PORTANDO UMA BARRA DE FERRO DE APROXIMADAMENTE 40 CM E SEM QUE A VÍTIMA PUDESSE SE DEFENDER LHE DESFERIU UM GOLPE NA CABEÇA, FAZENDO COM QUE ELE CAÍSSE AO SOLO SANGRANDO MUITO. EM SEGUIDA, O AUTOR FUGIU DO LOCAL, MAS ANTES DISSE AS SEGUINTES PALAVRAS: "ISSO É SÓ O COMEÇO, VAI TER MAIS". AINDA SEGUNDO RELATO DAS TESTEMUNHAS O AUTOR É MORENO, MAGRO, CABELUDO, APROXIMADAMENTE 1,70M, E TRAJAVA CAMISETA DE COR AZUL ESCURA, BERMUDA E CHINELO. AS TESTEMUNHAS RELATARAM TAMBÉM QUE A MOTIVAÇÃO SERIA PASSIONAL. A VITIMA TEVE UM CORTE NA CABEÇA DE APROXIMADAMENTE 10CM, E PERDEU MUITO SANGUE. MAS, DE ACORDO COM INFORMAÇÕES DO MÉDICO QUE LHE ATENDEU ELE, NÃO CORRE RISCO DE MORTE, PORÉM FICOU SOB OBSERVAÇÃO NO UAI PAMPULHA.

ROUBO CONSUMADO
18/05/2017
08:58
RUA YA NASSO / RUA SECRETARIA  - PLANALTO
DURANTE PATRULHAMENTO NA RUA DO ADVOGADO, A GUARNIÇÃO POLICIAL MILITAR FOI INFORMADA QUE HAVIA OCORRIDO UM ROUBO A TRANSEUNTE NA AV. SECRETÁRIA E QUE OS AUTORES SE DESLOCARAM À PÉ SENTIDO O BAIRRO SANTO INÁCIO. FOI INICIADO O RASTREAMENTO E A EQUIPE POLICIAL CONSEGUIU ABORDAR UM INDIVÍDUO SUSPEITO PORTANTO UMA BOLSA FEMININA DE COURO NA COR MARROM, CONTENDO UM APARELHO CELULAR E UM DOCUMENTO DE IDENTIDADE. POSTERIORMENTE, A GUARNIÇÃO FOI INFORMADA, QUE OUTROS DOIS INDIVÍDUOS, QUE ACOMPANHAVAM O QUE ACABARA DE SER ABORDADO, HAVIAM ENTRADO EM SUA RESIDÊNCIA, SITUADA NA RUA DO COMERCIÁRIO. EM BUSCA AUTORIZADA PELO MORADOR, OS INFRATORES FORAM LOCALIZADOS. OS INFRATORES FORAM IDENTIFICADOS COMO LUIZ CARLOS FERNANDES, LEANDRO ALVES DANIEL E FELIPE DA SILVA CRUZ, FORAM RECONHECIDOS PELA VÍTIMA. AINDA, SEGUNDO RELATOS DA VÍTIMA, OS TRÊS A ABORDARAM E ANUNCIARAM O ASSALTO, E O LUIZ CARLOS, SIMULANDO PORTAR UMA ARMA DE FOGO EM SUA CINTURA, DETERMINOU QUE ESSA ENTREGASSE SUA BOLSA E FUGIU EM SEGUIDA. DIANTE DE TODO EXPOSTO, OS AUTORES FORAM PRESOS E ENCAMINHADO À DELEGACIA.