Translate

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

HCU-UFU


O Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia (HCU-UFU) participou do estudo que recebeu o Prêmio de Incentivo em Ciências e Tecnologia para o SUS 2014. Além do HCU-UFU, outros oito hospitais que integram a Rede Brasileira de Pesquisas Neonatais, participaram do estudo “Hipotermia e mortalidade neonatal precoce em recém-nascidos prematuros”.
O artigo foi publicado no The Jounal of Pediatrics e revelou uma alta prevalência de hipotermia em recém-nascidos pré-termo, com menos de 34 semanas, na primeira hora de vida, à admissão na UTI, e sua contribuição expressiva para o óbito neonatal precoce. Além disso, o estudo sugere que intervenções simples, como a manutenção da temperatura na sala de parto maior que 25 °C, a redução da hipotermia materna antes do nascimento, o uso de saco / filme plástico e touca nos recém-nascidos e o uso de gases aquecidos na reanimação, podem diminuir a hipotermia à admissão na UTI e melhorar a sobrevida neonatal.
A pesquisa foi realizada de agosto de 2010 a abril de 2012, nos seguintes hospitais: Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia (HCU-UFU), Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA), Hospital Universitário da Universidade Estadual de Londrina (HU-UEL), Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP, Escola Paulista de Medicina (Unifesp), Faculdade de Medicina de Botucatu (UNESP), Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAIS – Unicamp).
No HCU-UFU o estudo foi coordenado pelos médicos Vânia Olivetti Steffen Abdallah, Daniela Marques e Heloísio dos Reis.

-- 
Cristiane Guimarães
Assessoria de Imprensa