Translate

quarta-feira, 14 de junho de 2017

NBB CAIXA - Três semifinalistas concorrem Troféu Ary Vidal de Melhor Técnico

Siga-nos ...  Siga-nos ...  Siga-nos ...  Siga-nos ...   Terça-feira, 13 de Junho de 2017
NBB CAIXA - Três semifinalistas concorrem Troféu Ary Vidal de Melhor Técnico
César Guidetti (Pinheiros), Gustavo De Conti (Paulistano) e Régis Marrelli (Vitória) são os candidatos ao prêmio, que é oferecido pela SKY
Três semifinalistas do NBB CAIXA tiveram suas grandes campanhas reconhecidas e foram nomeados para concorrer Troféu Ary Vidal de Melhor Técnico do NBB CAIXA, oferecido por SKY. César Guidetti , do EC Pinheiros, Gustavo De Conti , do Paulistano/Corpore, e Régis Marrelli , do Universo/Vitória, são os candidatos ao prêmio de melhor treinador da temporada.
Os três indicados foram protagonistas do cenário mais inusitado e épico da história dos playoffs do NBB CAIXA, quando as quatro equipes do G-4 (Flamengo, Mogi, Franca e Brasília) foram eliminadas para os quatro times de fora nas quartas de final (Bauru, Paulistano, Vitória e Pinheiros).
Em sua segunda temporada como treinador efetivo, César Guidetti, de 47 anos, comandou a melhor campanha do Pinheiros desde 2011/2012. Oitavo colocado na fase de classificação, o time pinheirense eliminou os gigantes Vasco da Gama, nas oitavas, e o atual tetracampeão Flamengo, nas quartas. Já na semifinal, caiu para o Bauru.
Já Gustavo De Conti, de 37 anos, levou o Paulistano à sua segunda final da história e ainda pode conquistar o título inédito do NBB CAIXA no próximo sábado (17/06), contra o Bauru, em Araraquara (SP). O mais especial da campanha alvirrubra é o elenco puramente jovem, de média de idade de 21,9 anos. Sexto colocado na fase de classificação, o time da capital paulista eliminou tanto Solar Cearense quanto Franca no Jogo 5. Depois, avançou à decisão com uma varrida sobre o Vitória na semifinal.
Por sua vez, o experiente Régis Marrelli, de 48 anos, guiou o Vitória à sua melhor campanha na história do NBB CAIXA. Depois de fechar a fase de classificação em sétimo, o rubro-negro baiano passou por Campo Mourão e Mogi, ambos no Jogo 5, e acabou eliminado somente pelo finalista Paulistano na semifinal. Diante deste cenário, o Leão terminou o campeonato na terceira colocação e com o troféu de bronze nas mãos – será entregue na Festa dos Melhores do Ano, no dia 20/06 (terça-feira), em São Paulo (SP).
Régis Marrelli e Gustavo De Conti já possuem um Troféu Ary Vidal em seus currículos. O atual comandante do Vitória ganhou em 2011/2012, quando levou o São José à liderança da fase de classificação e ao vice-campeonato daquele ano. Já o treinador do Paulistano faturou o prêmio em 2013/2014, quando terminou a primeira fase na vice-liderança e também foi finalista e posteriormente vice-campeão.
A premiação de Melhor Técnico faz parte do calendário anual da eleição dos Melhores do Ano do NBB CAIXA e o vencedor integrará o Quinteto Ideal (Armador, dois alas e dois pivôs). Além disso também serão premiados Melhor Defensor, Sexto Homem, Jogador Que Mais Evoluiu, Melhor Atleta Estrangeiro e MVP (Jogador Mais Valioso).
A votação contou com a participação de técnicos, assistentes e capitães das 15 equipes que disputaram a nona edição do NBB CAIXA, além da imprensa especializada, personalidades do basquete brasileiro, comissários e árbitros. Os vencedores serão conhecidos na Festa dos Melhores do Ano, que será realizada no dia 20/06 (terça-feira), em São Paulo (SP).
O NBB CAIXA é organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, o patrocínio da SKY e o apoio do Ministério do Esporte, Avianca e Spalding.
Também foram votados ao troféu Ary Vidal de Melhor Técnico do NBB CAIXA 2016/2017:
Demétrius Ferracciú (Gocil/Bauru Basket), Guerrinha (Mogi das Cruzes/Helbor) e Helinho Garcia (Franca Basquete) 
Confira todos os vencedores do Troféu Ary Vidal na história do NBB: 

2015/2016 – José Neto (Flamengo) 
2014/2015 – Dedé Barbosa (Limeira) 
2013/2014 – Gustavo De Conti (Paulistano) 
2012/2013 – Lula Ferreira (Franca Basquete) 
2011/2012 – Régis Marrelli (São José) 
2010/2011 – Hélio Rubens (Franca Basquete) 
2009/2010 – Lula Ferreira (Franca Basquete) 
2008/2009 – Paulo Chupeta (Flamengo)