Translate

quarta-feira, 19 de julho de 2017

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS
NONA REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL
www.pmmg.mg.gov.br/9rpm
9rpm-p5@pmmg.mg.gov.br



JOGO DE AZAR
18/07/2017
17:32
AVENIDA DOUTOR JOSÉ MARÇAL NETO - SEGISMUNDO PEREIRA
CONFORME DENÚNCIA RECEBIDA ATRAVÉS DO DISQUE DENÚNCIA -181, COM RELATO DE QUE NO LOCAL OCORRIA JOGO DE AZAR, NA DATA DE HOJE, UMA GUARNIÇÃO POLICIAL REALIZOU A ABORDAGEM NO BAR DENUNCIADO E CONSTATOU TRÊS MESAS DE JOGOS, COM 12 PARTICIPANTES, MATERIAIS (CARTEADO), UMA GRANDE QUANTIDADE DE DINHEIRO E O CADERNO COM ANOTAÇÃO DAS APOSTAS. UM ENVOLVIDO CONFESSOU QUE OS JOGOS ERAM APOSTADOS E DISSE OS SEGUINTES DIZERES: "ESTAMOS APOSTANDO E ISSO NÃO DEIXA NINGUÉM POBRE". OUTROS NEGARAM O ENVOLVIMENTO AFIRMANDO QUE ERAM AMIGOS REUNIDOS PARA JOGAREM ALGUMAS MODALIDADES DE CARTEADO. AQUELES QUE TINHAM MAIOR QUANTIA EM DINHEIRO ALEGARAM QUE NÃO ERA PARA APOSTAS. IDENTIFICOU-SE COMO PROPRIETÁRIO DO BAR O ENVOLVIDO M. L. B. F., 44 ANOS. DIANTE DO EXPOSTO, FOI CONFECCIONADO O TERMO DE COMPROMISSO DE COMPARECIMENTO AO JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL (JECRIM) E TODOS OS ENVOLVIDOS QUALIFICADOS ASSINARAM E SE COMPROMETERAM À COMPARECER NA DATA ESTIPULADA NO JECRIM, SITUADO NA RUA FLORIANO PEIXOTO, CENTRO.

TRÁFICO DE DROGAS
18/07/2017
13:13
RUA JOAQUIM SARAIVA – FUNDINHO
SEGUNDO O COPOM, ESTAVA EM ANDAMENTO A PRINCIPIO UM FURTO A RESIDÊNCIA, EM QUE A VÍTIMA TERIA ENTRADO EM LUTA CORPORAL COM O AUTOR, E QUE TERIA CONSEGUIDO, INCLUSIVE, TOMAR UMA FACA DO INFRATOR, E QUE APÓS ISSO, O AUTOR TERIA FUGIDO E ESTARIA SENDO PERSEGUIDO PELA VÍTIMA E QUE ESTARIA NAS IMEDIAÇÕES DA RUA JOÃO INÁCIO LEME E, APROVEITANDO QUE O PORTÃO DE ACESSO A VEÍCULOS DO CONDOMÍNIO "MARACANÃ", ESTAVA ABERTA, ADENTROU NO PRÉDIO. AS GUARNIÇÕES ACIONADAS REALIZARAM O CERCO E SOLICITARAM APOIO DAS DEMAIS VIATURAS. ASSIM FOI REALIZADA A VARREDURA NO PRÉDIO E INFORMADO PELO PORTEIRO, QUE ALGUÉM HAVIA ENTRADO EM UMA DOS APARTAMENTOS  PEDINDO AJUDA, POIS ALGUÉM QUERIA PEGÁ-LO E A MORADORA PEDIDO QUE ESSE INDIVÍDUO PROCURASSE O PORTEIRO. FOI LOCALIZADO O AUTOR U. F. NO 6º ANDAR, FEITA A ABORDAGEM E PRISÃO DO SUSPEITO. NO LADO EXTERNO, ALÉM DE PESSOAS QUE AUXILIARAM NA PERSEGUIÇÃO AO POSSÍVEL AUTOR DE FURTO, FOI LOCALIZADO O CIDADÃO J. P. QUE INFORMAVA SER VÍTIMA DO FURTO E QUE AO PERCEBER QUE ALGUÉM MEXIA NA FECHADURA DA PORTA DE SUA CASA, ABRIU A PORTA E SE DEPAROU COM O AUTOR. ESTE AUTOR O AGREDIU COM SOCOS, FORÇANDO-O A ENTRAR EM LUTA CORPORAL E DESARMAR O AUTOR QUE ESTAVA MUNIDO DE FACA DE LAMINA GRANDE E CABO COR BRANCO. RELATOU QUE ESSE AUTOR EMPREENDEU FUGA E ELE GRITOU “PEGA LADRÃO” E FOI APOIADO POR TRANSEUNTES QUE PERSEGUIRAM O AUTOR ATÉ O CONDOMÍNIO MARACANÃ. A VÍTIMA REPASSOU À GUARNIÇÃO POLICIAL A FACA, INFORMANDO QUE HAVIA TOMADO DO AUTOR.
O AUTOR, POR SUA VEZ, INFORMOU QUE CONHECE A SUPOSTA VÍTIMA HÁ MUITO TEMPO E NÃO SOUBE O MOTIVO DA AGRESSÃO. INFORMOU QUE BATEU NA PORTA DA RESIDÊNCIA DELA E A CHAMOU. EM  SEGUIDA O MORADOR SAIU DA RESIDÊNCIA AGREDINDO-O COM PONTAPÉS E, APÓS VER A FACA DE TAMANHO GRANDE EMPREENDEU FUGA COM MEDO QUE ELE ATENTASSE CONTRA SUA VIDA. A SITUAÇÃO EXPOSTA POR AMBAS AS PARTES ENCONTRAVAM-SE CONFUSAS E AO VERIFICAR A FACA EM QUESTÃO, FOI VERIFICADO QUE ESTA APRESENTAVA FORTE ODOR SEMELHANTE AO CHEIRO DA MACONHA. FOI TAMBÉM VISTO QUE ESSE ODOR ERA PROVENIENTE DE UM MATERIAL ESVERDEADO QUE ESTAVA AO LONGO DA LÂMINA DOS DOIS LADOS DA FACA. HOUVE A SUSPEIÇÃO QUE OS FATOS NARRADOS PODERIAM ESTAR RELACIONADOS A UM POSSÍVEL TRÁFICO DE DROGAS. OS MILITARES FORAM ATÉ A RESIDÊNCIA DA SUPOSTA VÍTIMA ONDE  HAVIA DIVERSOS PLÁSTICOS DE FILME DE PVC (PAPEL FILME) JOGADOS NA PORTA DE ACESSO E NO CHÃO DA SALA DE SUA CASA. QUESTIONADO SE HAVIA DROGAS NA RESIDÊNCIA, O MORADOR INFORMOU QUE NÃO E RETORNOU A AFIRMAR QUE O AUTOR HAVIA TENTADO ABRIR A FECHADURA E QUE ELE PODERIA TER JOGADO TAL MATERIAL DENTRO DE SUA CASA. ASSIM, AUTORIZOU A ENTRADA DOS POLICIAIS QUE DE IMEDIATO VIRAM, EM CIMA DE UM COLCHÃO, UMA BUCHA DE SUBSTÂNCIA SEMELHANTE A MACONHA. NESTE MOMENTO O MORADOR DEMONSTROU MUITO NERVOSISMO E EM SEQUÊNCIA FORAM LOCALIZADOS DIVERSOS ROLOS DE FILME DE PVC VAZIOS E PEDAÇOS DESSE PLÁSTICO ESPALHADOS POR TODA A CASA. NO MEIO DE ROUPAS DOBRADAS FOI LOCALIZADO UM GRANDE ENVÓLUCRO DE FILME DE PVC CONTENDO DIVERSAS BUCHAS SEMELHANTES À MACONHA. AINDA, NO MESMO QUARTO FOI LOCALIZADO OUTRO ENVÓLUCRO DE FILME DE PVC CONTENDO DIVERSOS TABLETES DE SUBSTANCIA PRENSADA SEMELHANTE À MACONHA. NO GERAL, FORAM ENCONTRADOS 174 BUCHAS E 16 TABLETES DE SUBSTÂNCIA SEMELHANTE À MACONHA. FOI LOCALIZADO UM CADERNO CONTENDO ANOTAÇÕES REFERENTES AO CONTROLE DE POSSÍVEL VENDA DE DROGAS, UM REVÓLVER E UMA PISTOLA DE BRINQUEDO LOCALIZADOS JUNTOS À DROGA. O MORADOR DA RESIDÊNCIA, J. P. C., 20 ANOS, TEM EM SEU NOME UM INQUÉRITO DE ROUBO E NO NOME DO OUTRO ENVOLVIDO, U. F. S., 20 ANOS, CONSTA UM TCO REFERENTE A USO DE DROGAS. DIANTE DO EXPOSTO, FOI DADA VOZ DE PRISÃO EM FLAGRANTE DELITO AOS AUTORES, QUE FORAM ENCAMINHADOS À DELEGACIA, JUNTAMENTE COM O MATERIAL APREENDIDO.