Translate

terça-feira, 22 de maio de 2018

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS
NONA REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL
www.pmmg.mg.gov.br/9rpm
9rpm-p5@pmmg.mg.gov.br
  
TRAFICO DE DROGAS
EM 20MAI2018, POR VOLTA DAS 10H30M, NA RUA OLIVEIRA VIANA, BAIRRO PAMPULHA, DIANTE DE DENÚNCIAS DE POSSÍVEL TRAFICO DE DROGAS, UMA GUARNIÇÃO POLICIAL SE DESLOCOU ATÉ RUA OLIVEIRA VIANA, AO CHEGAREM AO LOCAL DEPARARAM COM O AUTOR H. F. M. R., 20 ANOS, QUE AO PERCEBER A PRESENÇA DA VIATURA POLICIAL, TENTOU FUGIR, MAS FOI INTERCEPTADO PELA EQUIPE POLICIAL. AO SER DADA A BUSCA PESSOAL NO SUSPEITO, FOI LOCALIZADO EM SEU PODER A QUANTIA DE R$ 3.093,00 EM DINHEIRO TROCADO, EM CONVERSA COM O AUTOR, ESTE INDICOU UM MONTE DE ENTULHO PRÓXIMO, ONDE FOI ENCONTRADO UM EMBRULHO PLÁSTICO CONTENDO A QUANTIA DE 218 PAPELOTES DE SUBSTÂNCIA SEMELHANTE A COCAÍNA E 124 PEDRAS DE SUBSTÂNCIA SEMELHANTE A CRACK. CONSTA NO SISTEMA DIVERSOS REGISTROS DE PRISÕES PARA O AUTOR, ENTRE ELAS UM TOTAL DE 06 OCORRÊNCIAS DE PRISÕES POR TRÁFICO DE DROGAS, POSSUI TAMBÉM REGISTRO DE PRISÕES PELOS CRIMES DE RECEPTAÇÃO E AMEAÇA. O AUTOR RELATOU QUE NÃO VENDE AS DROGAS E QUE APENAS GERENCIA O TRÁFICO DE DROGAS, DISSE FATURAR APROXIMADAMENTE 2.000,00 POR DIA COM O COMÉRCIO DAS SUBSTÂNCIAS. DIANTE DO EXPOSTO FOI DADA VOZ DE PRISÃO EM FLAGRANTE AO AUTOR, QUE FOI CONDUZIDO, JUNTAMENTE COM O MATERIAL APREENDIDO, ATÉ A DELEGACIA.


HOMICÍDIO TENTADO
EM 20MAI2018, POR VOLTA DAS 05H45M, NA RUA RODOLFO CORREA, BAIRRO LIDICE, A VÍTIMA C. A. G., 30 ANOS, RELATOU QUE DURANTE A MADRUGADA, EM COMPANHIA DO NAMORADO, V. A. P. R., 32 ANOS, FEZ USO DE BEBIDA ALCOÓLICA. OCORREU UM DESENTENDIMENTO ENTRE AMBOS E, POR ESTE MOTIVO, ELA FOI PARA O QUARTO DORMIR, DEIXANDO-O NA SALA. AO ACORDAR, DEPAROU COM O AUTOR DE POSSE DE UM FRASCO DE ÁLCOOL DE UM LITRO E, LOGO EM SEGUIDA, PASSOU A JOGAR POR TODO O SEU CORPO. AO GRITAR POR SOCORRO, O AUTOR ATEOU FOGO NO SEU CORPO. EM SEGUIDA, SAIU CORRENDO COM O CORPO EM CHAMAS SENTIDO AO BANHEIRO, ONDE SE MOLHOU VINDO A APAGAR AS CHAMAS. ENTÃO, O QUARTO PASSOU A PEGAR FOGO E NESTE MOMENTO NÃO TEVE MAIS CONTATO COM O NAMORADO, POIS PULOU O MURO DA RESIDÊNCIA COM DESTINO AO BAR QUE FAZ DIVISA COM A RESIDÊNCIA. NESTE LOCAL, O PROPRIETÁRIO DO BAR AO VÊ-LA COM VÁRIAS QUEIMADURAS PELO CORPO, ENTROU EM CONTATO COM A UNIDADE DO CORPO DE BOMBEIROS CUJOS MILITARES COMPARECERAM AO LOCAL E A SOCORRERAM ATÉ A UNIDADE DE SAÚDE (HOSPITAL DA UFU), ONDE FOI ATENDIDA E CONSTATADO VÁRIAS QUEIMADURAS DE PRIMEIRO E TERCEIRO GRAU EM DIFERENTES PARTES DO CORPO, TAIS COMO: MEMBROS SUPERIORES, MEMBROS INFERIORES, TÓRAX, LADO DIREITO, ABDÔMEN LADO DIREITO, PERNA DIREITA E FACE, ATINGINDO NA AVALIAÇÃO DO MÉDICO UMA ÁREA DE APROXIMADAMENTE 40% DO CORPO". O AUTOR FOI AO HOSPITAL DA UFU, ANTES DA CHEGADA DA POLÍCIA E ASSIM QUE DEU NOME NA PORTARIA, ALEGANDO QUE DESEJAVA VISITAR A VÍTIMA, OS FUNCIONÁRIOS JÁ CIENTES DO CRIME  ACIONARAM A POLÍCIA. AO SER QUESTIONADO, O AUTOR DISSE QUE REALMENTE FEZ USO DE BEBIDA ALCOÓLICA E SUBSTÂNCIA ILÍCITA NO INTERIOR DA RESIDÊNCIA E QUE NUM DETERMINADO MOMENTO CHEGOU A DISCUTIR COM A VÍTIMA, MAS NEGOU TER PRATICADO O CRIME. FACE ÀS CIRCUNSTÂNCIAS NARRADAS PELA VÍTIMA E MATERIALIDADE ENCONTRADA NO LOCAL DO CRIME, O AUTOR FOI PRESO EM FLAGRANTE PELO CRIME DE HOMICÍDIO TENTADO E ENCAMINHADO ATÉ A DELEGACIA DE PLANTÃO. NA RESIDÊNCIA DO CASAL, FOI ENCONTRADO O FRASCO DE ÁLCOOL UTILIZADO PELO AUTOR, O QUAL AINDA CONTINHA CERTA QUANTIDADE DE ÁLCOOL. ALÉM DO MAIS, NO QUARTO ONDE OCORREU O CRIME, FORAM ENCONTRADAS VÁRIAS ROUPAS QUEIMADAS E A PAREDE ESTAVA TODA DANIFICADA PELO FOGO E HAVIA AINDA MARCAS DE FUMAÇA POR TODO O QUARTO. O AUTOR AO VER A CHEGADA DOS MILITARES NO HOSPITAL, TENTOU FUGIR DO LOCAL, MAS FOI CONTIDO E PRESO. A PERÍCIA TÉCNICA COMPARECEU A RESIDÊNCIA E TOMOU AS MEDIDAS DE PRAXE. POR FIM, A VÍTIMA PERMANECEU SOB CUIDADO MÉDICO NO HOSPITAL DA UFU PARA FINS DE TRATAMENTO DAS QUEIMADURAS, MAS O ESTADO DE SAÚDE APESAR DE SER GRAVE, NA VISÃO DOS MÉDICOS, ERA ESTÁVEL.