Translate

sábado, 9 de junho de 2018

Iniciada a concretagem da caixa de transição da Estação Capim Branco

Iniciada a concretagem da caixa de transição da Estação Capim Branco
Serão necessárias 30 horas de trabalho ininterrupto e utilização de 100 metros cúbicos de concreto e 12 mil quilos de aço

 Divulgação

Começou nesta quarta-feira (6), a concretagem da caixa de transição (uma espécie de reservatório) da de Captação e Tratamento de Água de Capim Branco. O trabalho será feito ininterruptamente até a meia noite de amanhã (8) e levará, no total, 30 horas para ser executado. Esta é mais uma etapa da obra do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae).

Quando estiver pronta, a caixa de transição terá pouco mais de 30 metros de altura – o equivalente a um prédio de 10 andares. Primeiro, foi feita uma base de aproximadamente 6 metros de altura e agora pouco começou a construção dos anéis de cerca de 10 metros de altura cada um. Eles serão edificados em três etapas, contemplando um de cada vez. Os dois primeiros têm 6 metros de diâmetro e terceiro e último terá 10 metros de diâmetro, dando um aspecto final semelhante a uma taça.

Nesta primeira etapa de trabalho, serão utilizados 100 metros cúbicos de concreto e 12 mil quilos de aço. Das 30 horas ininterruptas, serão ao menos 30 trabalhadores por turno executando o serviço. Como a ação se estende inclusive no período noturno, foi necessária a instalação de uma torre de iluminação para dar visibilidade e garantir a segurança da obra e dos funcionários. O segundo anel deve ser iniciado após 30 dias da conclusão do primeiro. 

A caixa de transição é uma espécie de reservatório localizado próximo ao anel viário no bairro Morumbi que recebe a água vinda da estação de tratamento e manda para o reservatório localizado no bairro Custódio Pereira, para que posteriormente possa ser distribuída para os consumidores.


Capim Branco

A Estação de Captação e Tratamento de Água e Esgoto de Capim Branco está sendo construída às margens do rio Araguari, foi projetada na gestão do prefeito Odelmo Leão em 2012. A previsão é que a 1ª etapa seja concluída no ano que vem. Interligada às estações já existentes – Sucupira e Bom Jardim – garantirá abastecimento a 1,5 milhão de pessoas. O investimento nesta etapa é de R$ 300 milhões.

07/06/2018
Gleide Corrêa
(34) 3233-4318/4311