Translate

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Passagem de ônibus em Uberlândia terá novo preço a partir de domingo (29)

Passagem de ônibus em Uberlândia terá novo preço a partir de domingo (29)
Por questão contratual, decreto é publicado no Diário Oficial com o valor da tarifa em R$ 3,80; Pedido das empresas era de R$ 4,20


Conforme prevê o contrato de concessão do transporte público de Uberlândia, a data-base para haver o reajuste anual é sempre em janeiro. Neste ano, após  reunião com a Comissão de Acompanhamento do Serviço Público do Transporte de Passageiro, segundo estabelece o Decreto 14.655/14, foi validado pelos integrantes da comissão o novo valor da tarifa do Sistema Integrado de Transporte (SIT). A passagem passa a vigorar, a partir do dia 29 de janeiro, com o valor de R$ 3,80. O decreto foi publicado na quinta-feira (26) no "Diário Oficial do Município".

O pedido das empresas concessionárias era de que a tarifa passasse a ser de R$ 4,20, mas o prefeito Odelmo Leão não aceitou o reajuste neste patamar. "Foi uma determinação do prefeito que o reajuste fosse o menor possível. Neste ano, teremos grandes desafios no transporte público de Uberlândia: aumentar a frota para atender novos bairros, como o Monte Hebron e o Pequis, e readequar os veículos que vão operar nos novos corredores de ônibus", afirmou o secretário de Trânsito e Transportes (Settran), Paulo Sérgio Ferreira.

A Secretaria de Trânsito e Transportes (Settran) também encaminhou uma análise independente da planilha feita por um órgão externo, o Centro de Pesquisas Econômico-Sociais (Cepes), que é vinculado ao Instituto de Economia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

O reajuste da passagem, além da inflação no ano passado, levou em consideração uma queda de -7,41% no número de passageiros no sistema somente em 2016. Segundo consta no contrato de concessão, variações superiores a 5% no índice de passageiro por quilômetro rodado (IPK) médio incidem no cálculo da tarifa.

Em número de passageiros no SIT, em 2012, por exemplo, foram 4.865.828 (quatro milhões, oitocentos e sessenta e cinco mil e oitocentos e vinte oito) usuários no sistema. Já no ano passado, o número de passageiros caiu para 4.210.408 (quatro milhões, duzentos e dez mil e quatrocentos e oito), contabilizando uma queda no número de usuários do sistema na faixa dos 13,4% neste período.  "Com essa redução no número de passageiros, para que o valor não chegasse aos R$ 4,20 tivemos que rever todo o sistema", afirmou o secretário da Settran.