Translate

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS
NONA REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL
www.pmmg.mg.gov.br/9rpm
9rpm-p5@pmmg.mg.gov.br



ROUBO TENTADO
07/02/2017
20H47
RUA RIETE - JARDIM EUROPA
DURANTE PATRULHAMENTO PELA AV. RIO MISSISSIPI, PRÓXIMO AO BAIRRO JARDIM EUROPA, FOI VISTO DOIS INDIVÍDUOS EM ATITUDE SUSPEITA, TRAFEGANDO EM ALTA VELOCIDADE EM UMA MOTOCICLETA HONDA CG 125 DE COR PRETA. FOI FEITA, ENTÃO, A ABORDAGEM POLICIAL E NA BUSCA PESSOAL AO SUSPEITO Y. H. M. F., 20 ANOS, QUE ESTAVA PILOTANDO A MOTOCICLETA NADA FOI ENCONTRADO E NA CINTURA DA SUSPEITA L. A. R., 22 ANOS, FOI VISTO UM CELULAR MARCA LG A QUAL NOS INFORMOU QUE O CELULAR ERA DELA E QUE HAVIA PAGADO POR ELE R$ 200.00. DURANTE A ABORDAGEM AOS SUSPEITOS FOI DIVULGADO PELO COPOM QUE HAVIA ACABADO DE OCORRER UM ROUBO DE CELULAR NO BAIRRO JARDIM EUROPA E QUE O ROUBO HAVIA SIDO PRATICADO POR UM CASAL UTILIZANDO UMA MOTOCICLETA PRETA. DE IMEDIATO OS SUSPEITOS CONFESSARAM QUE FORAM ELES QUE HAVIAM ACABADO DE ROUBAR UM CELULAR DE UMA TRANSEUNTE. EM ATO CONTINUO FOI FEITO CONTATO COM A VÍTIMA, QUE FOI ATÉ O LOCAL DA ABORDAGEM E RECONHECEU A DUPLA COMO SENDO OS AUTORES DO ROUBO E O SEU CELULAR MARCA LG. A VÍTIMA RELATOU QUE ESTAVA TRANSITANDO EM VIA PÚBLICA QUANDO UM CASAL EM UMA MOTOCICLETA PRETA A CERCOU E O AUTOR, COM A MÃO DEBAIXO DA CAMISETA, DIZENDO ESTAR COM ARMA DE FOGO, AMEAÇOU A VÍTIMA E, CASO ELA NÃO ENTREGASSE O CELULAR, ELE IRIA ATIRAR, COM MEDO DE SER MORTA A VÍTIMA ENTREGOU O CELULAR PRO AUTOR QUE FUGIU SENTIDO À AVENIDA MISSISSIPI ONDE, MOMENTO APÓS O ROUBO, FORAM ABORDADOS E PRESOS PELA EQUIPE POLICIAL. FOI FEITA A REMOÇÃO DA MOTOCICLETA UTILIZADA NO ROUBO PELO LEVADA AO PÁTIO. AUTORES E MATERIAL FORAM ENTREGUES NA DELEGACIA.

POSSE/PORTE ILEGAL ARMA FOGO E MUNIÇÃO
07/02/2017
21H39
RUA RIO VERDE – MANSOUR
DURANTE OPERAÇÃO DE COMBATE A ROUBO E TRÁFICO DE DROGAS, NO BAIRRO MANSOUR, A GUARNIÇÃO DO COMANDO TÁTICO VIU DOIS INDIVÍDUOS EM ATITUDE SUSPEITA, SENTADOS NA PORTA DA RESIDÊNCIA, DA RUA RIO VERDE. UM DOS SUSPEITOS, AO AVISTAR A VIATURA POLICIAL, ENTROU E RETORNOU LOGO EM SEGUIDA. AO SEREM ABORDADOS E QUESTIONADOS A RESPEITO DOS FATOS, ENTRARAM EM CONTRADIÇÃO SOBRE O MOTIVO DE ESTAREM NAQUELE LOCAL, UMA VEZ QUE NENHUM DELES MORAVA NA CASA. OS MORADORES DA RESIDÊNCIA FORAM CHAMADOS E INFORMARAM QUE OS DOIS ERAM AMIGOS DA FAMÍLIA E FREQUENTAVAM O LOCAL. COMO EXISTIA UMA CASA DE FUNDOS QUE APARENTEMENTE ESTAVA DESOCUPADA, FOI AUTORIZADO PELA PROPRIETÁRIA UMA BUSCA NO LOCAL. NAS BUSCAS, FOI ENCONTRADO NUM DOS CÔMODOS, ENROLADO NUM COBERTOR, UM REVÓLVER MARCA TAURUS CALIBRE 38. AO SEREM QUESTIONADOS, F. C. O., 19 ANOS, DECLAROU QUE PORTAVA A ARMA E HAVIA CORRIDO E DEIXADO A ARMA NO LOCAL. INFORMOU AINDA QUE A HAVIA COMPRADO HÁ DUAS SEMANAS DO OUTRO ABORDADO, D. M. B., 24 ANOS, QUE CONFIRMOU A NEGOCIAÇÃO RELATANDO AINDA QUE HAVIA VENDIDO POR R$1.800,00 E AGUARDAVA O RECEBIMENTO DESSE VALOR, DECLARANDO, AINDA, QUE AS MUNIÇÕES SE ENCONTRAVAM EM SUA RESIDÊNCIA. OS DOIS DISSERAM QUE ADQUIRIRAM O ARMAMENTO COM A INTENÇÃO DE COMETER DELITOS, HAJA VISTA ESTAREM DESEMPREGADOS. EM DILIGÊNCIAS NA CASA DE D. M. B., SEU PAI AUTORIZOU A ENTRADA DOS POLICIAIS MILITARES E AS BUSCAS NA CASA DOS FUNDOS ONDE SEU FILHO RESIDE. NESTE LOCAL, FOI ENCONTRADO UM TOTAL DE SETE MUNIÇÕES NO RACK DA SALA, ENTRE AS QUAIS DUAS DE CALIBRE RESTRITO. FACE AO EXPOSTO, FOI DADA VOZ DE PRISÃO AOS AUTORES E ENCAMINHADOS A DELEGACIA DE PLANTÃO, JUNTAMENTE COM OS MATERIAIS APREENDIDOS.