Translate

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Liga Ouro - Joinville vence Botafogo e força Jogo 5 da decisão

Siga-nos ...  Siga-nos ...  Siga-nos ...  Siga-nos ...   Terça-feira, 27 de Junho de 2017
Liga Ouro - Joinville vence Botafogo e força Jogo 5 da decisão
Jogando dentro de casa, time catarinense cresce nos minutos finais e conquista vitória que empata a série
A definição do campeão da Liga Ouro 2017 ficou para o quinto e último jogo da série. Precisando da vitória para se manter vivo, o Joinville fez valer o fator casa nesta terça-feira diante do Botafogo. Impulsionado pela torcida local, levou a melhor sobre o Botafogo por 79 a 75, em uma partida bastante equilibrada e que só foi definida nos minutos derradeiros.
O quinto duelo da série acontecerá na sexta-feira, às 20h (de Brasília), no Rio de Janeiro. O jogo terá transmissão do #NBBnaWEB através do Facebook Live. O campeão da Liga Ouro ganhará o direito de disputar a próxima edição do NBB CAIXA.
Depois de o Botafogo começar melhor, o Joinville rapidamente reagiu e encostou no marcador. Os dois times mantiveram-se próximos e se revezaram algumas vezes na liderança. Até que o Joinville engatou uma corrida de sete pontos consecutivos na reta final do último quarto, o que foi o suficiente para abrir uma vantagem segura e deixar o jogo fora do alcance do adversário.
O pivô André Bambu teve 14 pontos e cinco rebotes pelo Joinville. O ala Vezarinho também anotou 14 pontos e deu cinco assistências. Além deles, outros dois jogadores do time catarinense atingiram dois dígitos em pontuação: o pivô Jerônimo e o ala Felipe Vezaro, com 14 pontos cada um.
"Nosso time não vinha conseguindo executar bem o plano ofensivo, mas hoje conseguimos e isso foi essencial para a nossa vitória. Agora a gente sabe que não é impossível vencer o Botafogo lá no Rio. Vai vencer quem errar menos, então a gente precisa ajustar a defesa e trabalhar mais a bola no ataque para sair de quadra vitorioso", disse Vezarinho.
Pelos lados do Botafogo, o principal destaque foi o ala norte-americano Wes, que foi o cestinha do jogo com 23 pontos e ainda pegou cinco rebotes. Outro que teve atuação inspirada na equipe carioca foi o pivô Abner, dono de 16 pontos e 11 rebotes.