Translate

terça-feira, 27 de junho de 2017

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS

POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS
NONA REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL
www.pmmg.mg.gov.br/9rpm
9rpm-p5@pmmg.mg.gov.br




TRÁFICO DE DROGAS
27/06/2017
00h10min
RUA CODORNAS / RUA PERIQUITOS - JARDIM DAS PALMEIRAS
EM PATRULHAMENTO PELA RUA CODORNAS, O SUSPEITO, AO VER VIATURA POLICIAL MILITAR, CORREU PARA O INTERIOR DE UM BECO DE UMA CASA. A ATITUDE CHAMOU MUITO A ATENÇÃO, FAZENDO COM QUE OS POLICIAIS ABORDASSEM O ADOLESCENTE DE 14 ANOS, QUANDO SAIA DESSE BECO. COM ELE FOI ENCONTRADA UMA CARTEIRA DE BOLSO NA COR PRETA E UM CELULAR. OS MILITARES FORAM ATÉ O BECO E ENCONTRARAM A QUANTIA DE R$291,65 EM DINHEIRO TROCADO. AO SER REALIZADO CONSULTA NO SISTEMA INFORMATIZADO DE DEFESA SOCIAL, CONSTATOU-SE QUE O MENOR HAVIA SIDO APREENDIDO POR TRÁFICO DE DROGAS HÁ MENOS DE UMA SEMANA (22/06/2017). O ADOLESCENTE CONFESSOU QUE ESTAVA VENDENDO DROGAS E MOSTROU O LOCAL ONDE ESTAVA A DROGA. FORAM ENCONTRADAS 45 PEDRAS DE CRACK, CADA QUAL ENVOLTA EM UM SACO PLÁSTICO. DEPOIS DESSES FATOS, OS POLICIAIS FORAM COM O ADOLESCENTE ATÉ A SUA RESIDÊNCIA, A FIM DE AVISAR A SUA MÃE SOBRE A APREENSÃO. LÁ, A MÃE INFORMOU QUE SEU FILHO ESTAVA FORA DE CASA DESDE O DIA 23/06/2017, DATA A QUAL ELE HAVIA SIDO LIBERADO, APÓS SER APREENDIDO. A ELA FOI ENTREGUE UMA BICICLETA QUE ESTAVA NA POSSE DE SEU FILHO. DEPOIS DE TODOS ESSES FATOS, O MENOR FOI ENCAMINHADO JUNTO COM OS MATERIAIS APREENDIDOS ATÉ A DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE PLANTÃO, PARA AS PROVIDÊNCIAS DE POLÍCIA JUDICIÁRIA.

TRÁFICO DE DROGAS
26/06/2017
15h35min
RUA QUATORZE DE JULHO – PACAEMBU
DURANTE PATRULHAMENTO DE CUNHO PREVENTIVO PELO INTERIOR DO BAIRRO PACAEMBU, A GUARNIÇÃO POLICIAL MILITAR FOI ABORDADA POR UM CIDADÃO QUE RELATOU ESTAR OCORRENDO TRÁFICO DE DROGAS, HÁ APROXIMADAMENTE DUAS SEMANAS NAQUELA RUA, POR UM INDIVÍDUO ALTO, MAGRO, CABELO BAIXO QUASE RASPADO, QUE NA OCASIÃO ESTARIA TRAJANDO CAMISETA DE COR AMARELA E CALÇA JEANS, ACRESCENTOU AINDA QUE O AUTOR FICAVA COM PEQUENA QUANTIDADE EM SEU PODER E QUE O RESTANTE DA DROGA ESTARIA ESCONDIDO NO INTERIOR DA RESIDÊNCIA. OS POLICIAIS FORAM, ENTÃO, ATÉ A RUA DENUNCIADA PARA CHECAR A INFORMAÇÃO. TODAVIA, AO SE APROXIMAREM DO LOCAL, OS POLICIAIS VIRAM UM INDIVÍDUO COM AS MESMAS CARACTERÍSTICAS DO DENUNCIADO. ESTE AO PERCEBER QUE SE TRATAVA DE EQUIPE POLICIAL, ARREMESSOU UM OBJETO POR SOBRE O MURO DA RESIDÊNCIA, ENTRETANTO, UM DESTES OBJETOS BATEU NO MURO E CAIU NO PASSEIO. AO REALIZADA A ABORDAGEM POLICIAL, O SUSPEITO FOI IDENTIFICADO COMO G. H. S. M., 24 ANOS. NO LOCAL ONDE FOI VISTO O OBJETO CAIR, FORA LOCALIZADO PELO UM INVÓLUCRO PRETO CONTENDO UMA BUCHA DE MACONHA. NO QUINTAL DO IMÓVEL FORAM LOCALIZADAS, DO LADO DE DENTRO PRÓXIMO A PAREDE DA SALA, DUAS BUCHAS. A PROPRIETÁRIA DO IMÓVEL, AO TOMAR CONHECIMENTO DO MOTIVO DE PRESENÇA DOS MILITARES, DE PRONTO AUTORIZOU O ACESSO AO INTERIOR DAS DEMAIS DEPENDÊNCIAS, E RELATOU QUE DEU GUARIDA PARA O AUTOR, POIS O CONSIDERA COMO FILHO. APÓS BUSCAS, FORA LOCALIZADO NO FUNDO DO QUINTAL UMA TROUXA ENVOLTA POR UM PANO, CONTENDO 10 TABLETES DE MACONHA. O AUTOR ASSUMIU A PROPRIEDADE E AFIRMOU QUE A PROPRIETÁRIA DO LOCAL NÃO SABIA DO FATO. FORA DADA VOZ DE PRISÃO AO AUTOR E ENCAMINHADO JUNTAMENTE COM OS MATERIAIS APREENDIDOS À DELEGACIA.

TRÁFICO DE DROGAS
27/06/2017
00h08min
RUA SERRA DO RONCADOR - SÃO JORGE
DURANTE O PATRULHAMENTO PELA RUA SERRA DO RONCADOR NAS PROXIMIDADES DO ENTRONCAMENTO COM A RUA CHAPADÃO DO BUGRE, A GUARNIÇÃO POLICIAL MILITAR VIU O AUTOR M. A. S., 18 ANOS, SENTADO EM UM TRONCO DE ÁRVORE EM LOCAL ERMO. AO VER A GUARNIÇÃO, O AUTOR COLOCOU ALGO NA BOCA E, NA BUSCA PESSOAL, FOI ENCONTRADA UMA CARTEIRA E A QUANTIA DE R$230,00 EM NOTAS TROCADAS. APÓS A BUSCA CONSTATOU-SE QUE O AUTOR AINDA SE ENCONTRAVA COM O VOLUME NA BOCA, MOMENTO EM QUE FOI DADA A ORDEM PARA QUE CUSPISSE O QUE TINHA NA BOCA. CONSTATOU-SE ENTÃO SE TRATAR DE 36 PEDRAS DE CRACK, EMBALADAS. ENCONTRADO TAMBÉM, PRÓXIMO AO LOCAL QUE O AUTOR SE ENCONTRAVA SENTADO, UM ROLO DE FITA CREPE DE COR BRANCA. DIANTE DOS FATOS FOI DADA A VOZ DE PRISÃO AO AUTOR, QUE FOI ENCAMINHADO À DELEGACIA DA POLÍCIA CIVIL.