Translate

terça-feira, 11 de julho de 2017

Dmae inclui mensagem sobre recadastramento biométrico em conta de água

Dmae inclui mensagem sobre recadastramento biométrico em conta de água
Em Uberlândia, departamento contribui com o Tribunal Eleitoral na divulgação dos prazos

                                                                                                                               COMUNICAÇÃO DMAE

Os consumidores de Uberlândia começam a receber neste mês, nas contas de água, mensagens de alerta sobre o recadastramento biométrico obrigatório para todos os eleitores da cidade. O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) dá sua colaboração com essa ação de cidadania informando a necessidade de realização do recadastramento.

O Cartório Eleitoral está divulgando a revisão biométrica para evitar o acúmulo de pedidos próximo ao fim do prazo legal e, consequentemente, evitar as filas. “Na nossa conta de água temos esse espaço disponível para divulgar mensagens importantes para a população, como é o caso do recadastramento. É a nossa contribuição para ajudar o eleitor a ficar em dia com suas obrigações”, afirma Sérgio Vieira Attie, diretor-geral do Dmae.

Outras cidades do estado também estão participando da ação. Em Betim e Contagem foram veiculadas mensagens semelhantes na conta de energia elétrica sobre o recadastramento. Em Minas Gerais, além destas cidades, Uberaba e Uberlândia passam por revisão biométrica e, por isso, os eleitores precisam fazer o recadastramento até 9 de fevereiro de 2018.

TRE

O recadastramento biométrico em Uberlândia é obrigatório. O agendamento deve ser feito por meio do sitehttp://www.tre-mg.jus.br/eleitor/agendamento para atendimento de 10 as 18 horas. Em Uberlândia, o cartório funciona na avenida Vasconcelos Costa, 1.646, bairro Osvaldo, setor central. Quem não comparecer até a data final para o recadastramento terá o título cancelado e não poderá votar nas próximas eleições.

Documentação necessária

Para fazer a biometria, o eleitor deve levar documento oficial, comprovante de endereço recente e o título de eleitor (se tiver). Os eleitores só podem se recadastrar nas cidades onde votam ou para onde pretendem transferir seu título.

10/07/2017
Gleide Corrêa
(34)3233-4605