Translate

sábado, 21 de abril de 2018

NBB CAIXA - Paulistano bate Basquete Cearense e empata série em 1 a 1

Siga-nos ...  Siga-nos ...  Siga-nos ...  Siga-nos ...  Website ...  Entre em contato ... Sexta-feira, 20 de Abril de 2018
NBB CAIXA - Paulistano bate Basquete Cearense e empata série em 1 a 1
Time da capital paulista teve grande atuação no terceiro quarto e bateu rival nordestino; Em Mogi, Caxias venceu os donos da casa e diminui desvantagem
Em um dos melhores jogos destes playoffs do NBB CAIXA, o Paulistano/Corpore empatou a série quartas de final em 1 a 1, nesta sexta-feira (20/04), no Ginásio Antonio Prado Jr. Com atuação arrasadora no terceiro quarto, o time da capital paulista abriu vantagem, conseguiu frear a reação do Solar Cearense no quarto final e venceu o Jogo 2, por 93 a 89.
Na volta do intervalo, o Paulistano encontrou seu melhor basquete e teve atuação espetacular no terceiro quarto. Com aproveitamento de 65,5% nos pontos tentados, o time da capital anotou nada mais nada menos do que 36 tentos na parcial, distribuídos em oito jogadores diferentes. O Basquete Cearense até foi bem ofensivamente, com 22 pontos anotados, mas acabou o período 14 pontos atrás, 76 a 62.
Com grande reação no quarto final, o Basquete Cearense foi diminuindo a desvantagem gradualmente e chegou aos 20 segundos finais três pontos atrás (92 a 89). Na posse seguinte, o time nordestino fez falta em Yago. O armador do CAP foi à linha do lance livre, converteu o primeiro, errou o segundo, mas Guilherme Hubner ficou com o rebote ofensivo e a vitória ficou com o Paulistano.
+Confira fotos, estatísticas e a matéria completa do Jogo 2 entre Paulistano e Basquete Cearense
Cestinha do CAP no Jogo 1, não foi diferente para Lucas Dias na segunda partida da série. Novamente saindo do banco de reservas, o ala foi mais do que fundamental na vitória alvirrubra. Ao todo, foram 21 pontos, com três bolas de 3 pontos, oito rebotes, sendo cinco ofensivos, e duas assistências para o camisa 9.
“A gente não fez um grande Jogo 1. O Basquete Cearense fez uma boa defesa e a gente não conseguiu converter as bolas de 3. A gente viu os vídeos da partida, e o Gustavo (De Conti) pediu para mantermos a calma e confiança, pois não foi normal as bolas não caírem, fizemos isso a competição inteira e deu certo. Nós não vamos mudar nossa característica e hoje funcionou. Nossa defesa precisa melhorar muito ainda e também erramos algumas bolas no fim do jogo que não podemos”, completou o cestinha do CAP, com 21 pontos.
Agora, as duas equipes voltam a jogar já neste domingo. A bola sobe para o Jogo 3 da série às 11 horas (de Brasília), novamente no Ginásio Antonio Prado Jr., com transmissão ao vivo do Facebook do NBB.
Com grande atuação defensiva, Caxias bate Mogi e diminui desvantagem para 2 a 1
Estar com a “corda no pescoço” não foi um problema para o Banrisul/Caxias Basquete e a equipe se manteve viva na série contra o Mogi das Cruzes/Helbor. Com um “jogo perfeito” nesta sexta (20/04), o time gaúcho liderou de ponta a ponta, venceu em pleno Ginásio Hugo Ramos, por 65 a 54, e cortou a diferença no confronto das quartas de final do NBB CAIXA para 2 a 1.
Caxias rapidamente se firmou na liderança nos minutos inicias e controlou o placar durante todo o tempo. Com ótimo trabalho defensivo, o time gaúcho impôs a pior pontuação do Mogi nesta temporada e também a pior marca de um mandante em toda a história das quartas de final. Do outro lado da quadra, com ótimas movimentações ofensivas, o time do técnico Rodrigo Barbosa “mandou” no jogo e forçou a realização do Jogo 4.
+Confira fotos, estatísticas e a matéria completa do Jogo 3 entre Mogi e Caxias
O jogo coletivo deu o tom à vitória gaúcha, mas dois atletas tiveram atuações decisivas. Alex Oliveira foi o cestinha da equipe, com 17 pontos (15 no primeiro tempo). Já o ala Pedro contribuiu com 13 pontos, quatro rebotes e seis assistências.
Do lado mogiano, o atleta mais efetivo em quadra foi Larry Taylor, com 13 pontos. Fazendo boa partida,Tyrone somou nove pontos e sete rebotes, mas teve problemas com faltas e acabou eliminado da partida ainda no início do último período.
Com Mogi vencendo por 2 a 1, a série terá sua próxima partida nesta segunda-feira (23/04), desta vez no Ginásio Vasco da Gama, em Caxias do Sul. A bola sobe às 20 horas, com transmissão ao vivo dos canais SporTV.
Franca e Bauru fazem Jogo 3 neste sábado
Após duas vitórias bauruenses, a série entre Sesi/Franca Basquete e Sendi/Bauru Basket já ganhará ares dramáticos em seu Jogo 3. A bola sobe neste sábado (21/04), às 14 horas (de Brasília), no Ginásio Pedrocão, em Franca (SP), e terá transmissão ao vivo da Band.
Confira o calendário completo das quartas de final:
– Flamengo (1º) 3 x 0 Minas Tênis Clube (9º)
Jogo 1 – Minas 70 x 84 Flamengo
Jogo 2 – Flamengo 101 x 74 Minas
Jogo 3 – Flamengo 97 x 92 Minas
– Paulistano/Corpore (2º) 1 x 1 Solar Cearense (10º)
Jogo 1 – Solar Cearense 72 x 67 Paulistano
Jogo 2 – Paulistano 93 x 89 Solar Cearense
Jogo 3 – 22/04 (domingo), às 11 horas, no Ginásio Antonio Prado Jr., em São Paulo (ao vivo no Facebook)
Jogo 4 – 25/04 (quarta), às 19h30, no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza (ao vivo no SporTV)
Jogo 5* – data e horário a definir, no Ginásio Antonio Prado Jr., em São Paulo
– Sesi Franca Basquete (3º) 0 x 2 Sendi/Bauru Basket (6º)
Jogo 1 – Bauru 81 x 76 Sesi Franca
Jogo 2 – Franca 77 x 83 Bauru
Jogo 3 – 21/04 (sábado), às 14 horas, no Ginásio Pedrocão, em Franca (ao vivo na Band)
Jogo 4* – 24/04 (terça), às 19h30, no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru (ao vivo no SporTV)
Jogo 5* – data e horário a definir, no Ginásio Pedrocão, em Franca
– Mogi das Cruzes/Helbor (4º) 2 x 1 Banrisul/Caxias Basquete (5º)
Jogo 1 – Caxias 60 x 63 Mogi
Jogo 2 – Mogi 69 x 57 Caxias
Jogo 3 – Mogi 54 x 65 Caxias
Jogo 4 – 23/04 (segunda), horário a definir, no Ginásio Vasco da Gama, em Caxias
Jogo 5* – data e horário a definir, no Ginásio Hugo Ramos, em Mogi